O penteado é uma tendência, e deixá-lo colorido é uma sugestão para a folia

Deixar o topete bem alto e as laterais do cabelo em degradê é uma das grandes tendências de corte masculino do momento, e a partir desse estilo é possível fazer as mechas quiff. Esse penteado está super em alta, e com o carnaval se aproximando, você pode ousar e deixar as mechas coloridas.

Para o barbeiro, essa é uma tendência porque o penteado é muito versátil e mistura o clássico tapetão do Elvis Presley com detalhes mais modernos, como o degradê, combinando com várias ocasiões.

Se você quer seguir essa tendência, confira o passo a passo detalhado que o profissional preparou para fazer essas mechas e até deixá-las coloridas para o carnaval.

O primeiro passo é pedir o corte certo para o barbeiro. “Para deixar a mecha quiff bem em evidência sugiro um mix de cortes. Para o undercut, primeiro é utilizado a tesoura na parte de cima (topo) e depois a máquina em baixo para fazer um fade. A principal característica do fade é deixar as laterais bem baixas e a nuca bem raspada, deixando as camadas em degradê”, explica.

Sustentação do topo

Depois de ter o cabelo cortado é hora de pensar em como sustentar o topete . Para deixar ele alto é preciso usar o secador, mas “antes de iniciar a secagem, a dica é usar uma pomada ou cera modeladora para ajudar a segurar o penteado”.

Após espalhar a cera no cabelo, comece a secar fazendo uma escova e modelando na direção do penteado que vai fazer – geralmente jogado para o lado.

Penteado

Ainda  com o cabelo todo modelado, Luã indica utilizar um pente de dentes largos direcionando-o para cima para delinear as camadas. A escolha do pente é importante porque ele vai ajudar a deixar bem evidente e grossa a separação das mechas.

“Para alinhar o cabelo, o trabalho é artesanal. Com as mãos, você vai dando o toque desejado até adquirir o formato esperado.”

Fixador

Para deixar o penteado bem firme, a dica do barbeiro é aplicar bastante fixador entre os “vãos” das mechas, mas só faça isso depois que o cabelo estiver no formato desejado porque depois de passa o fixador fica difícil fazer grandes mudanças no penteado.

“As mechas têm que ficar bem sustentadas, como verdadeiros pilares ou colunas, assim não corre risco delas desmontarem. O ideal é ir aplicando o fixador e continuar ajeitando, modelando as mechas para que fiquem exatamente no formato esperado”, pontua Luã.

Coloração

Esse último passo é opcional. “A coloração é para quem quer dar bastante destaque para o penteado e gosta de um visual bem irreverente e descolado. O ideal é usar tinta spray. Eu uso aquelas que saem ao lavar. Você pode brincar com quantas cores quiser. Selecionei o azul e o rosa para dar um efeito bem colorido.”

Como a intenção é só pintar o topo, o segredo é ir jogando o spray de traz para frente, sempre indo em direção ao topo do cabelo. Faça esse processo com cuidado para pintar apenas os lugares desejados e se quiser fazer uns detalhes mais específicos use um pincel bem pequeno e deixe as suas mechas quiff impecáveis.